Outubro rosa 1º Domingo.

|
Olá meninas tudo bem?.
Nesse mês de outubro aos domingos o Esmaltando em Fortaleza vai trazer postagens de apoio a campanha outubro rosa. Vamos mostrar nossas esmaltações escolhidas para a campanha e vamos alertar nossas leitoras sobre a doença. O post de hoje vai seguir um esquema bem didático é realmente bem informativo pode ser cansativo ler tanta coisa mas vale a pena se manter informado sobre um assunto tão sério. Dedique um tempinho do seu dia para se informar e saber um pouco sobre essa campanha tão bonita.


  • Sobre o Outubro rosa.
 A campanha outubro rosa começou nos Estados Unidos, lá vários estados realizavam ações isoladas referente ao câncer de mama e mamografia no mês de outubro,  posteriormente com a aprovação do congresso americano o mês de outubro se tornou o mês de prevenção do câncer de mama.
No século 20, o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990. 
  • Outubro rosa no Brasil.
 A primeira iniciativa vista no Brasil em relação ao outubro rosa foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista *conhecido como o Obelisco do Ibirapuera*, em São Paulo-SP. 

Esmaltação da Candice inspirada na campanha:
Brinco de princesa - Doyda por esmaltes + Sweet dreams - PL
  • Sobre a doença.
 O câncer de mama ocorre quando as células do órgão passam a se dividir e se reproduzir muito rápido e de forma desordenada. A maioria dos cânceres de mama comprometem as células dos ductos das mamas. Por isso, o câncer de mama mais comum se chama Carcinoma Ductal. Ele pode ser in situ, quando não passa das primeiras camadas de célula destes ductos, ou invasor, quando invade os tecidos em volta. Os cânceres que começam nos lóbulos da mama são chamados de Carcinoma Lobular e são menos comuns que o primeiro. Este tipo de câncer muito freqüentemente acomete as duas mamas. O Carcinoma Inflamatório de mama é um câncer mais raro e normalmente se apresenta de forma agressiva, comprometendo toda a mama, deixando-a vermelha, inchada e quente. 

  • Algumas dúvidas frequentes sobre a doença:

- O que causa o câncer de mama? Na maioria dos casos de câncer de mama, não há uma causa específica. Há alguns fatores que estão associados ao aumento do risco de desenvolver a doença. A própria idade é um deles, pois a chance aumenta na medida em que se envelhece. Menarca precoce, menopausa tardia, nuliparidade (não ter filhos), primeiro filho em idade avançada, não amamentação e uso de terapia de reposição hormonal são fatores associados ao risco. Consumo excessivo de álcool, obesidade na pós-menopausa e sedentarismo também. Os fatores hereditários são responsáveis por menos de 10% dos cânceres de mama. O risco é maior quando os parentes acometidos são de primeiro grau (pai, mãe, irmãos, filhos).
- Existe algum sintoma além de caroço no seio? A forma mais habitual é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor. Outros sinais e sintomas menos frequentes são edemas semelhantes à casca de laranja, irritação ou irregularidades na pele, dor, inversão ou descamação no mamilo e descarga papilar (saída de secreção pelo mamilo). Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.
- É sempre possível notar a doença por meio do toque nos seios? Não, a patologia tem uma fase em que as lesões são do tipo não-palpáveis. Por isso, é importante a realização de exames de imagem na faixa etária de maior risco. 
Prótese de silicone nos seios pode levar à doença? Não há evidência científica de que exista associação entre implantes mamários de silicone e o risco de desenvolvimento de câncer de mama.
- Pílula anticoncepcional aumenta o risco da doença?
Existem estudos que demonstram fraca relação de causalidade entre pílula anticoncepcional e risco da doença, enquanto outros demonstram alguma relação.

- Quais mudanças de hábito podem diminuir a chance de desenvolver câncer de mama?
Mudar estilo de vida pode reduzir 28% dos casos de câncer de mama. A ingestão excessiva de álcool aumenta as chances de ter câncer de mama porque altera os níveis hormonais, como o do estrogênio (toda mulher o produz, mas existe uma atuação importante dele no desencadeamento da patologia). Caso tenha células precursoras de câncer, essas taxas elevadas podem favorecer a multiplicação delas. Se o consumo de bebidas alcoólicas fosse moderado, com no máximo um drinque por dia (uma lata de cerveja, um cálice de vinho, uma dose de bebida destilada), reduziria em 6% a incidência.
O excesso de peso precisa ser eliminado, porque significa alteração nos níveis hormonais. Além disso, quando as células de gordura estão repletas, liberam fatores pró-inflamatórios. É como se a pessoa estivesse em um processo de inflamação generalizada, o que a torna mais vulnerável a fatores cancerígenos. O recomendado é que o índice de massa corporal não ultrapasse 25, prevenindo 14% dos diagnósticos.
Deixar de lado o sedentarismo queima as gorduras e equilibra os hormônios. Mas tem de ser em ritmo moderado, como uma caminhada mais acelerada, e por, no mínimo, 30 minutos diários. Com o tempo, a dica é tentar aumentar a intensidade ou estender o período. A medida isolada pode diminuir em 11% os casos de câncer de mama. 

- Como é o tratamento de câncer de mama?
O tratamento é multidisciplinar, ou seja, deve incluir a opinião de vários especialistas médicos, como o mastologista, o radiologista, o oncologista clínico, o radioterapeuta, assim como enfermeira especializada, psicóloga, fisioterapeuta e assistente social. Habitualmente, o tratamento pede cirurgia e é complementado pela radioterapia e quimioterapia/hormonioterapia.

Quais são as chances de cura de câncer de mama?
Quando diagnosticado precocemente, há até 95% de chance de cura. Por isso, é importante que toda mulher de 50 a 69 anos faça mamografia a cada dois anos.


É muito importante se manter informada sobre os riscos da doença, a maior arma é a prevenção realize o auto exame.

 
 Confiram nossas esmaltações :

Vlania:
Sorvete - Hits

Roberta:
H8 - Perfect.

Keylla:
Leme - Impala + Psy - Top Beauty


Espero que o post tenha ajudado a conhecerem mais a campanha meninas, que tal esse mês usar os esmaltes rosas que você tem guardadinho?. :]

Um ótimo domingo, beijos :*




10 comentários:

  1. Meninas adorei as esmaltadas.
    Parabéns pelo o post muito boa informação.
    Francine
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Todas as unhas estão lindas, eu também fiz a minha pra postar no blog.
    Sem dúvidas a prevenção é muito importante o quanto antes descobrir a doença mais chances de cura.
    Beijos
    Lily’s Nail

    ResponderExcluir
  3. Ficaram Lindas as esmaltadas ;)
    Bem legal ver todos os Blogs se mobilizando :D e incentivando!
    parabéns pelo post cheio de informação!

    :*
    Unhas da Tabata

    ResponderExcluir
  4. Lindas esmaltadas, adoro Rosa e amei o seu incentivo à campanha.
    Beijo
    Boa semana

    ResponderExcluir
  5. Lindo post parabéns
    Obrigada pela visita
    Ótimo semana para vc!
    Beijos Coloridos!♥♥♥

    ResponderExcluir
  6. O post ficou lindo super informativo e bem explicadinio.
    As unhas ficaram lindas!
    Beijos Vivi,
    Doida por Esmaltes
    Fan Page DPE

    ResponderExcluir
  7. Super bacana e importante aderir a campanha, vai correndo as informações. E lindas esmaltada, amei a 1ª super criativa.

    Bjos,

    Mony
    Um blog sobre esmaltes

    ResponderExcluir
  8. Ótimo post!!!!
    E todas arrasaram nas manis, adorei!!!
    Beijos!!!
    nailmypassion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Perfeito este post, parabéns!!
    Adorei as manis, mas aquele perfect me fez delirar!!

    Beijoooo ♥ ♥
    Unhas em Destaque

    ResponderExcluir